Paraíba registra redução no número de casos e óbitos por Aids

Paraíba registra redução no número de casos e óbitos por Aids

Destaque Paraíba
Joaquim
1 de dezembro de 2023
39

O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, abre oficialmente, nesta sexta-feira (1), a campanha do Dezembro Vermelho, com apresentação das ações realizadas pela SES para o fortalecimento do cuidado dos agravos na Paraíba e oferta de testes rápidos de HIV, Sífilis e Hepatites, distribuição de preservativos masculinos e femininos, além de conversas com a população.

Nesta quinta-feira (30), a Secretaria de Estado da Saúde divulgou novo Boletim Epidemiológico de HIV e Aids, com dados de 2023, os quais mostram redução no número de diagnósticos de Aids e diminuição nos óbitos, o que configura um cenário importante para a qualidade de vida de pessoas que vivem com o HIV. Na Paraíba, atualmente, 610 pessoas foram diagnosticadas com HIV e 154 com Aids.

Considerando o cenário da Paraíba, a faixa etária com maior incidência de casos no estado é de 30 a 39 anos; são adultos que de alguma forma estão ativos economicamente na sociedade. A cidade de João Pessoa lidera a lista de municípios com maior número de casos de HIV (279 casos) e Aids (57 casos). A transmissão é predominantemente via relação sexual, e o público masculino é o mais afetado pela doença.

A gerente operacional de IST/HIV/Aids da SES, Ivoneide Lucena, chama a atenção para o diagnóstico precoce, ofertado gratuitamente em todo o Brasil. “O teste é gratuito, está sendo ofertado em todos os serviços de saúde e com 20 minutos sai o resultado. Nosso maior trabalho é fazer com que as pessoas tenham a oportunidade de fazer essa testagem, para que iniciem o tratamento e tenham qualidade de vida”, explicou.

O Estado dispõe de uma unidade de referência para diagnóstico e tratamento de doenças infectocontagiosas, incluindo HIV/Aids, o Complexo de Doenças Infectocontagiosas Dr. Clementino Fraga, localizado na capital. O atendimento ambulatorial funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h. Na unidade são atendidos usuários que comparecem por livre demanda, referenciados ou que já são pacientes do complexo, onde recebem assistência integral.

Share on telegram
Imagem ilustrativa: Reprodução / Internet

 

Portal Paraíba

Joaquim Franklin

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

You May Also Like!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.